Fosfatização á Frio

Por ser um processo espontâneo, a corrosão está presente em todos os segmentos industriais, de exploração econômica e do cotidiano, podendo ser minimizada através de diferentes técnicas de proteção de superfícies, sem, no entanto, ser eliminada definitivamente.

Os mecanismos de corrosão são diversos e sua importância relativa, varia com a agressividade do meio de exposição, metal ou liga, de construção e / ou função da peça ou componente, entre outros.
Atualmente os custos diretos e indiretos da corrosão são estimados em bilhões de dólares, distribuidos globalmente em maior ou menor escala em todos os setores da economia.
Dada a importância do processo de fosfatização, tanto como tratamento prévio para diversos tipos de pintura, quanto na retenção de lubrificante nos processos de conformação, ele é amplamente aplicado nos mais diversos segmentos industriais, em substratos metálicos e não metálicos.

O fosfatizante é aplicado na peça fazendo a remoção de ferrugem e contaminações, preparando-a para parâmetros adequados para obter uma camada depositada adequada á pintura posterior com deposição de pintura eletrostáttica a pó, ou outras.


Fonte: UFRGS